Conheça a maravilhosa Bechibila, a mulher que está transformando água suja em potável em Gana

A maioria de nós planeja desde cedo a própria vida em torno de empregos, planos financeiros, desejos materiais ou mesmo planos maiores que envolvam nosso futuro como sonhamos. Para a ganense Bechibila Mpuanmor, desde pequena seu plano era conseguir realmente contribuir à vida não só dela, mas de sua comunidade, com algo que pudesse realmente fazer diferença. Sua história, no entanto, possui um nada discreto agravante: Bechibila não pode andar.

A única fonte de água de sua comunidade, no nordeste de Gana, na África, é um rio de águas turvas e sujas.

Foi aqui que ela percebeu sua missão em vida: mesmo sem conseguir fazer tudo que outras pessoas, capazes de andar, podem, ela decidiu que iria ajudar sua comunidade a se livrar das doenças e males oriundas do consumo de água suja – e que iria, de casa em casa, ensinar como limpar a água dos rios, e educa-los sobre a importância da água limpa.

Sua única forma de se mover é uma bicicleta adaptada, que Bechibila pedala utilizando as mãos. Mas isso jamais a impediu de nada.

Em parceira com a empresa P&G, Bechibila ensina a utilizar uma solução química que separa a sujeira da água – bastando mexer a solução na água para, em seguida, filtra-la por um pano, para se ter água limpa e pronta para o consumo e uso geral.

“Eu irei tão longe quanto minha bicicleta puder me levar”, ela diz. Desde 2004, mais de 11 bilhões de litros de água limpa foram produzidas, a partir de iniciativas entre a empresa e mulheres como Bechibila – que nesse momento certamente segue, incansável, até a próxima residência.

Fonte: Hypeness